Olá visitante! Cadastre-se ou faça o login.

Atendimento

413030-1962
Logo

Atendimento

413030-1962
Carrinho
zoom passe o mouse
Para onde correm as águas do rio: os ribeirinhos de Sento-Sé e a barragem de Sobradinho (Ref: 9788555076992)

"O trecho da música de Sá e Guarabyra ilustra e traz à tona um tema extremamente pertinente na atualidade: as relações simbólicas e materiais, as lutas e disputas do ser humano e o território em que habita. O tema desta obra compreende a necessidade de se debater, problematizar e dialogar com tais questões..."

Disponibilidade: Envio imediato
por R$ 60,00 ou por R$ 0,00 no Depósito bancário
Quantidade: No momento a quantidade solicitada não esta disponível em estoque
Digite seu CEP:
Descrição Longa

Para onde correm as águas do rio: os ribeirinhos de Sento-Sé e a barragem de Sobradinho
Ana Catarina Lins de A. Sento-Sé Martinelli Braga

O trecho da música de Sá e Guarabyra ilustra e traz à tona um tema extremamente pertinente na atualidade: as relações simbólicas e materiais, as lutas e disputas do ser humano e o território em que habita. O tema desta obra compreende a necessidade de se debater, problematizar e dialogar com tais questões. Tem como foco maior a luta dos atingidos por uma das barragens mais importante do Brasil, considerada o maior lago artificial da América Latina: A Barragem do Sobradinho. E um olhar centralizado em uma das cidades atingidas por este avento (entre os anos e 1970-1980), a cidade de Sento-Sé. Em um momento histórico de tantas disputas políticas, mas também de compreensão das dimensões de atuação de minorias sociais, este tema torna-se relevante.
A fim de compreender como as experiências do passado, as perdas e os ganhos, são capazes de nos trazer uma perspectiva na atualidade, quando nos referimos ás políticas energéticas nacionais e os agentes sociais atingidos diretamente por tais políticas. Obviamente que, em se tratando de mudanças no território perdas e rupturas, serão inevitáveis.
Porém, com o conhecimento e atenção de estudiosos sobre o tema, a participação da sociedade civil e das mais diversas instancias de atuação social, esses ribeirinhos, que perdem suas relações com a terra e que precisam se readaptar às novas condições de vida impostas, possuem maior abertura e espaço de diálogo. E assim suas lutas, demandas e necessidades podem ser atendidas e compreendidas por todos.
Além disso, um olhar a contrapelos, para além das instâncias e falas oficiais, o que propõe a obra, através da inclusão e a análise de fontes orais dos atingidos da cidade de Sento-Sé, proporciona outras vias de conhecimento sobre a história de quem sofre com a implementação de hidrelétricas e grandes barragens. Por este motivo, torna-se tão cara está leitura. Escrita de forma poética sem poupar a realidade concreta dos fatos.
Há dez anos pesquisando o tema a autora acredita que uma pesquisa como esta, feita em profundidade, precisa, sempre que haja a oportunidade, alcançar os além muros da universidade e das instâncias acadêmicas. Para que toda a população possa conhecer a história, os conflitos e as demandas, sobre as mais diversas perspectivas, dos fatos ocorrido no país em que vivemos, e dos povos que neles habitam.

Especificação

Apresentação: Brochura
Formato: 14,8x21 cms

Dados Técnicos

ISBN: 978-85-5507-699-2
Páginas: 114
Edição: 1ª
Ano Publicação: 2018

Prazo de Envio

Até 28 dias úteis sujeito a disponibilidade do estoque e localidade de entrega.