Olá visitante! Cadastre-se ou faça o login.

Atendimento

413030-1962
Logo

Atendimento

413030-1962
Carrinho
zoom passe o mouse
Economia Criativa e Políticas Públicas (Ref: 9788555072956)
Esta obra foca as políticas públicas relacionadas à economia criativa, discutindo seus méritos, limitações e abordagens. Assuntos como propriedade intelectual, inovação, sistemas de incentivo...
Disponibilidade: Envio imediato
por R$ 54,00 ou por R$ 0,00 no Depósito bancário
Quantidade: No momento a quantidade solicitada não esta disponível em estoque
Digite seu CEP:
Texto adicional
Diego Santos Vieira de Jesus & Daniel Kamlot
Dados técnicos
ISBN: 978-85-5507-295-6
Páginas: 222
Edição: 1ª
Ano Publicação: 2016
Especificação
Apresentação: Brochura
Formato: 14,8 x 21cms
Descrição longa
Economia Criativa e Políticas Públicas
Diego Santos Vieira de Jesus & Daniel Kamlot

Esta obra foca as políticas públicas relacionadas à economia criativa, discutindo seus méritos, limitações e abordagens. Assuntos como propriedade intelectual, inovação, sistemas de incentivo à cultura, empreendedorismo criativo, cidades criativas, políticas de trabalho e renda, diplomacia e paradiplomacia, educação e vários outros são apresentados, estimulando os conhecimentos do leitor em um campo de estudo recente e em crescimento.
Os temas aqui desenvolvidos são úteis tanto para estudantes como para profissionais de áreas componentes das indústrias criativas, como publicidade, arquitetura, artes, antiguidades, artesanato, design, design de moda, cinema, software, softwares interativos para lazer, música, artes performáticas, indústria editorial, rádio e TV.
Os autores apresentam o conceito de economia criativa e analisam as políticas públicas e seus aspectos inerentes à geração de valor, considerando desde grandes organizações até incubadoras de empresas.
A facilidade de se ler esta obra é magnificada pelos exemplos nela contidos, tanto brasileiros quanto internacionais, o que favorece a compreensão do leitor a respeito de assuntos específicos, com um linguajar simples de se compreender e sem o uso de jargões jurídicos ou econômicos.