Olá visitante! Cadastre-se ou faça o login.

Atendimento

413030-1962
Logo

Atendimento

413030-1962
Carrinho
zoom passe o mouse
Controle da propaganda do governo (Ref: 9788555078804)

Os governos têm-se utilizado da propaganda como meio para se comunicarem com o povo. Ocorre, porém, que a propaganda tem um componente que a diferencia da mera publicidade dos atos do Poder Público: a persuasão, pela qual a mensagem veiculada objetiva, nas palavras de Jean Ferrés, transmitir informações motivadoras, “capazes de mobilizar as condutas e as crenças numa direção”, é utilizada para induzir alguém à prática de um comportamento.

Disponibilidade: Envio imediato
por R$ 54,00 ou por R$ 0,00 no Depósito bancário
Quantidade: No momento a quantidade solicitada não esta disponível em estoque
Digite seu CEP:
Descrição

Controle da propaganda do governo: o permitido e o proibido na veiculação de propaganda dos órgãos públicos e o princípio da publicidade
Marcos A. Striquer Soares

Os governos têm-se utilizado da propaganda como meio para se comunicarem com o povo. Ocorre, porém, que a propaganda tem um componente que a diferencia da mera publicidade dos atos do Poder Público: a persuasão, pela qual a mensagem veiculada objetiva, nas palavras de Jean Ferrés, transmitir informações motivadoras, “capazes de mobilizar as condutas e as crenças numa direção”, é utilizada para induzir alguém à prática de um comportamento. Esse instrumento pode ser necessário para o bom desempenho do governo, como em campanhas de vacinação da população; mas também pode ser um instrumento de manipulação, veiculando mensagens para dirigir o comportamento do povo em favor do governo (o que ocorre em grande parte das propagandas governamentais veiculadas no Brasil, diga-se de passagem). O livro aqui apresentado traz um levantamento de dados e separa as diversas possibilidades do uso dessa ferramenta. Apresenta suas características e espécies que merecem atenção, como a propaganda subliminar, mascarada para que nosso cérebro não identifique o objetivo primordial da persuasão, e a propaganda editorial, escondida como notícia de um jornal; trata, então, da publicidade dos atos do Poder Público, apresentando as várias possibilidades de uso do princípio da publicidade. O confronto entre democracia e manipulação do povo é desenvolvido para demonstrar o poder da propaganda e a necessidade de controle desse meio de comunicação, abrangendo inclusive a propaganda totalitária e a eleitoral. Delimita, em seguida, as possibilidades de uso dessa ferramenta no direito brasileiro, buscando dar a objetividade exigida no campo do direito, para o uso do instrumento e finaliza indicando possibilidades de controle da propaganda irregular.

Especificações

Apresentação: Brochura 
Formato: 14,8 x 21cm

Dados Técnicos

ISBN: 978-85-5507-880-4
Páginas: 138
Edição: 1ª
Ano Publicação: 2017

Prazo de envio

Até 28 dias úteis sujeito a disponibilidade do estoque e localidade de entrega.