Olá visitante! Cadastre-se ou faça o login.

Atendimento

413030-1962
Logo

Atendimento

413030-1962
Carrinho
zoom passe o mouse
Cinema e juventude: A cultura jovem no cinema dos anos 50 (Ref: 9788555076619)
Cinema e Juventude: a cultura jovem no cinema dos anos 1950 ilumina um período lembrado pela vivacidade cultural. Momento de acentuado desenvolvimento econômico, a década de 1950 caracteriza-se como
Disponibilidade: Envio imediato
por R$ 62,00 ou por R$ 0,00 no Depósito bancário
Quantidade: No momento a quantidade solicitada não esta disponível em estoque
Digite seu CEP:
*promoção válida até 01/07/2018
Descrição longa

Cinema e juventude: A cultura jovem no cinema dos anos 50
Carlos Santos

Cinema e Juventude: a cultura jovem no cinema dos anos 1950 ilumina um período lembrado pela vivacidade cultural. Momento de acentuado desenvolvimento econômico, a década de 1950 caracteriza-se como os anos nos quais as privações causadas pela Segunda Guerra Mundial foram esquecidas, ultrapassadas pelo otimismo e pelo consumo. Entretanto, em meio à euforia proporcionada pela afluência, ocorre a materialização de um sentimento de angústia diante da busca por status social e do perigo cotidiano de uma guerra nuclear que pareceu, por vezes, iminente. Neste contexto, a geração de jovens da década em questão possibilita a formulação de uma cultura juvenil que eclode, surpreendendo pela sua energia e questionando os valores estabelecidos.
Desse modo, o livro realiza um estudo sobre a consolidação da cultura jovem nas sociedades dos Estados Unidos e da França, na década de 1950. Examina-se, assim, a representação da juventude através da produção cinematográfica desses países, diante das transformações socioculturais observadas. Portanto, analisa-se a maneira pela qual a indústria do cinema formulou um determinado tipo de representação da juventude em contato com as novas demandas culturais derivadas desta parcela populacional, nessas duas nações.
Com esse objetivo, privilegiam-se filmes (e atores) que se tornaram relevantes quanto à representação de juventude realizada. James Dean, Marilyn Monroe e Brigitte Bardot foram alguns dos atores e atrizes que deram vida a personagens que sobreviveram às décadas seguintes, sendo integrados à história do cinema, habitando a memória dos espectadores e marcando presença nas páginas deste livro.
Por se tratar de um trabalho historiográfico sobre os anos 1950, Cinema e Juventude atende aos historiadores e estudantes de história interessados pelo estudo do contemporâneo. Como se fundamenta em fontes cinematográficas icônicas do período, certamente atende, ainda, às expectativas do leitor entusiasmado pela arte do cinema. De leitura leve e análises objetivas, o texto aborda os filmes sob uma perspectiva não comumente explorada pelas publicações voltadas ao cinema, colaborando para o enriquecimento da visão do leitor sobre as especificidades da linguagem cinematográfica e as possíveis relações sociais e políticas do cinema.

Especificação
Apresentação: Brochura
Formato: 14,8 x 21cms
Dados técnicos
ISBN: 978-85-5507-661-9
Páginas: 233
Edição: 1ª
Ano Publicação: 2017
Observação
Cinema e juventude: A cultura jovem no cinema dos anos 50, Carlos Santos
Texto adicional
Carlos Santos